A Quinta do Crasto situa-se na margem direita do Rio Douro, entre a Régua e o Pinhão, num enquadramento paisagístico de cortar a respiração. Existem várias formas de chegar à propriedade: por estrada, por carris, por água ou por ar.

Escolha a que melhor se coaduna com a sua visita.

CARRO

Para quem gosta de viajar ao seu próprio ritmo, o carro continua a ser o meio mais prático para chegar à Quinta do Crasto. Só ou na companhia de amigos ou familiares, o percurso até à quinta, num sobe e desce por pequenas estradas de cortar a respiração, merece ser saboreado com calma tirando partido dos magníficos miradouros sobre o Douro. Para chegar sem sobressaltos, recomenda-se que imprima o MAPA e siga os PASSOS INDICADOS. Pode também consultar as indicações do Google Maps a partir do PORTO ou a partir de LISBOA.

COMBOIO

Uma das mais belas formas de chegar à Quinta do Crasto é percorrendo a Linha do Douro num comboio regular a partir do Porto. Recoste-se no seu lugar e deixe-se embalar pelo ritmo da viagem de comboio Douro acima, usufruindo de uma paisagem fabulosa emoldurada pela janela da carruagem. Para visitar a Quinta do Crasto, deverá sair no Apeadeiro do Ferrão, outrora terminal provisório da Linha do Douro (1880).

Saiba mais com a CP – COMBOIOS DE PORTUGAL.

BARCO

A partir do Porto ou do Pinhão, pode embarcar num passeio contemplativo pelo rio Douro em direção à Quinta do Crasto, usufruindo mais intensamente do magnífico enquadramento natural proporcionado pelos socalcos e encostas do Vale do Douro, até chegar ao Cais do Ferrão.

Saiba mais com a PIPADOURO.

HELICÓPTERO

A forma mais rápida de chegar à Quinta do Crasto é sem dúvida por helicóptero. Uma viagem a partir do Porto demora entre 20 a 30 minutos mas é uma experiência memorável devido ao impacto paisagístico proporcionado pela altitude. Sobrevoar o rio Douro, aterrando na Quinta do Crasto para um almoço com prova de vinhos, é algo que deve fazer pelo menos uma vez na vida!

Saiba mais com a HELITOURS.

Ver Vídeo